As melhores maneiras de levar dinheiro para o intercâmbio em Dublin

 In Blog
1

Está se preparando para viajar e bateu a dúvida sobre como levar dinheiro para o intercâmbio em Dublin? Neste post vamos falar sobre as duas das melhores maneiras de trasportar o seu dinheiro. Confira!

Se você ainda não sabe, o Serviço de Imigração Irlandês (INIS) exige dos estudantes matriculados em cursos com duração de seis a oito meses a comprovação de no mínimo 3 mil euros, para que tenham a certeza de que o estudante consegue se manter no país por esse período caso precise.

Estudantes de cursos que tenham um período inferior a esse, devem comprovar a posse de 500 euros para cada mês que permanecerão no país. Ou seja, se o curso tem a duração de 4 meses, o estudante precisa ter 2 mil euros disponíveis.


LEIA TAMBÉM: Diferenças entre um seguro saúde governamental e o particular

Mas então, qual a melhor maneira de levar esse dinheiro para o intercâmbio em Dublin? A primeira maneira de transportar seus euros é por meio do cartão VTM. O Visa Travel Money é um cartão pré-pago, em que é possível depositar os valores adquiridos em uma casa de câmbio ou banco, diretamente nesse cartão.

Cartão VTM, uma das maneiras de levar dinheiro para o intercâmbio

É um sistema mais caro, pois cobra taxas sobre os valores adquiridos em Euro. Porém, é uma forma mais segura de transferência, já que você não anda com dinheiro em espécie. No caso de perda do cartão, é possível solicitar o bloqueio e requerer uma nova via.

A segunda maneira de levar os euros é por meio de dinheiro em espécie. Não é uma forma muito segura, mas evita a cobrança de taxas abusivas. O volume de notas não é muito grande, pode ser colocado em bolsas junto ao corpo, como as doleiras.

De qualquer maneira, é muito importante que se mantenha a atenção constante, até ser possível abrir uma conta no banco em Dublin e realizar o depósito. Como o processo de abertura de uma conta em banco pode demorar um pouco, também é possível fazer um Postal Order (veja aqui como) para ‘depositar’ seu dinheiro.

Euro em espécie, uma das maneiras de levar dinheiro para o intercâmbio

O aconselhável é ter a maior parte do dinheiro em VTM e o restante em espécie, para que seja possível cobrir as despesas imediatas, como transporte, alimentação e aluguel, se for o caso.


LEIA TAMBÉM: Correio da Irlanda apresenta opção para abrir conta no banco em Dublin, veja aqui!

De qualquer forma, também é importante lembrar que é necessário fazer uma declaração de valores acima de R$ 10 mil reais quando se deixa o Brasil, ou se configura o crime de evasão de divisas. Portanto, para viajar tranquilamente para o intercâmbio, o ideal é planejar e avaliar quais as melhores alternativas para deixar o país com altos valores em euro.

Esperamos ter ajudado você com essa dúvida e a esclarecer sobre as melhores maneiras de levar dinheiro para o intercâmbio!

O Grupo SEDA conta com a SEDA IntercâmbiosSEDA CollegeSEDA MBASEDA Hub, SEDA Live e  SEDA College Online, clique e conheça!

Contato Rápido


[recaptcha]